Uma mulher de 40 anos foi brutalmente assassinada pelo ex marido nesta Terça-feira (01) na cidade de Corrente, distante 650 km de Teresina.
Justino Lopes, de 48 anos, não aceitava a separação da esposa e a matou com um golpe de foice no pescoço, em seguida, atirou na própria cabeça.
De acordo com informações do Major Hortêncio, comandante da PM de Corrente, os dois moravam em um povoado próximo à cidade. 
Separada, Melânia Batista voltou para Corrente para morar com os pais. Há 10 dias Justino Lopes tentava uma reconciliação com ex mulher, mas sem sucesso.
“Ontem ele foi lá na casa dela, devem ter discutido e, durante a briga, ele degolou a mulher com um golpe de foice. Ela morreu na hora. Depois ele usou uma espingarda de fabricação caseira e atirou na própria cabeça”, explicou o Major.
No momento da discussão, apenas o casal estava na residência. Ao ouvirem o tiro, vizinhos foram ao local e acionaram a polícia. Os dois corpos foram encontrados em uma área externa da casa. “Quando chegamos lá ele ainda estava vivo. O SAMU foi até a casa, mas ele morreu antes de ser atendido”, disse o Comandante.
Ainda segundo o Major Hortência, a família de Melânia está inconformada com morte da vítima e revoltada com a maneira que ele a matou. Os corpos foram enterrados hoje (2) pela manhã, no cemitério público da cidade.
Foice, instrumento usado para o ex marido matar a ex esposa
Reações:

Postar um comentário

 
Top