Denise Alves do Nascimento, 17 anos, desaparecida desde o último dia 11 de Dezembro em sua cidade natal, Água Branca, distante 210 Km de Barras e 90 Km de Teresina, teve seu cadáver encontrado na tarde desta Terça-feira (29) nas proximidades do Matadouro Público Municipal de Água Branca, localizado numa das marges da BR-343.
A reportagem do Tribuna de Barras foi informada de que Denise saiu de casa normalmente na tarde 11 de Dezembro, não disse para onde ia. Peritos da polícia civil estiveram no local e removeram o cadáver para o Instituto Médico Legal de Teresina, onde serão feitas perícias para que se chegue a causa da morte.
Várias situações estão sendo estudadas pela polícia. Uma delas é a de a jovem ter sido levada para o local quase desabitado das proximidades do Matadouro Público, ter sido estuprada e morta. Essa é uma das linhas de investigação da polícia, somente a perícia e as investigações irão apontar a realidade do fato. 
Familiares e amigos de Denise já estão sendo ouvidos pela polícia, também serão ouvidas pessoas apontadas como namorado, ex-namorados ou pessoas que já tiveram algum tipo de relacionamento amoroso com a vítima.

Água Branca tem um bom sistema público de monitoramento por câmeras e a polícia irá ver as imagens gravadas nas ruas da cidade para notar se há algum registro da presença de Denise e quem estava na sua companhia.

O fato chocou a cidade já que a vítima era bastante conhecida e muito querida na sociedade aguabranquense.


O corpo foi encontrado com indícios de assassinato(Imagem:Valdomiro Gomes/GP1)


(*) Fotos: MPiauí
Reações:

Postar um comentário

 
Top