Três adolescentes foram detidas após pichar um suposto pedido de casamento no muro do Centro Comercial de Cocal, cidade distante 268 km ao norte de Teresina. As jovens, duas de 17 anos e uma de 16 foram flagradas pela Guarda Municipal de Cocal por volta da meia-noite enquanto pichavam.

Na delegacia, de acordo com o agente de Polícia Civil, Walter Brune, as jovens não admitiram se seria ou não um real pedido de casamento, mas segundo o agente, elas já são conhecidas. "Ali elas estavam promovendo bagunça, não admitiram nada se era mesmo pedido de casamento ou destinado a alguém, mas elas vivem ali provocando baderna", explicou o agente.


Walter completa que pichação é crime previsto no artigo 163 do Código Penal Brasileiro com pena de seis meses a três anos, além de multa. Além das adolescentes o empresário que vendeu o spray pode ser penalizado. "Caso seja comprovado que ele realmente vendeu a tinta para uma menor, ele pode ser punido sim", acrescentou Valter. 
O juiz da região determinou que as próprias menores façam a limpeza da parede pichada.
(*) Rayldo Pereira, Cidade Verde
Reações:

Postar um comentário

 
Top