A jovem identificada apenas como Fabiana, 19 anos, é suspeita de liderar um esquema de prostituição infantil na cidade de Picos. Na última semana, um vídeo em que ela aparece agredindo, ameaçando e cortando as roupas de um adolescente da cidade, foi divulgado. O caso está sendo investigado e o Ministério Público e o Conselho Tutelar acompanham. 
Fabiana ameaçou um rapaz de 16 anos com uma faca, deixando-o despido
O conselheiro tutelar Josimar Lima informou que a mulher já é conhecida dos conselheiros tutelares e da polícia da cidade. Segundo ele, ela lidera um esquema de prostituição infantil e alicia meninas. 
"Ela anda em busca de meninas menores, bonitas, como a outra jovem que participa do vídeo com ela e tem apenas 13 anos. Ela faz ameaças e fatura dinheiro com a exploração sexual dessas meninas", informou o conselheiro. 
De acordo com o titular da promotoria da Infância e da Juventude de Picos, promotor Leonardo Rodrigues, a mulher pode responder pelos crimes de ameaça, lesão corporal leve e exposição indevida de menores. 
"Talvez até pornografia infantil, porque o rapaz chegou a ficar sem roupa nas imagens. Nós estamos garantindo que os direitos dos menores envolvidos sejam preservados e garantidos", afirmou o promotor. 
O conselheiro tutelar destacou que antes da gravação das imagens, no mesmo dia, 3 de outubro, dois homens assaltaram o adolescente e levaram seu celular. "Os suspeitos fazem parte do grupo criminoso que a Fabiana integra", informou. 
Mais tarde, no mesmo dia, a garota de 13 anos teria ido até a casa do rapaz, por saber que ele estaria sozinho em casa, e atraído ele para um local isolado. Lá, Fabiana teria iniciado as agressões. A adolescente que grava o vídeo é quem teria tido um envolvimento com o rapaz. 
"A situação é tão extrema que há alguns dias a adolescente foi ameaçada de morte por essa Fabiana, a mãe da menor já prestou depoimento e diz que já não sabe mais o que fazer", declarou. 
O vídeo foi divulgado nas redes sociais na última semana e mostra uma mulher fazendo ameaças ao jovem. Nas imagens, ela utiliza um punhal para cortar suas roupas. O rapaz fica completamente despido no vídeo. As agressões teriam sido motivadas por boatos espalhados pelo garoto de que teria mantido relações sexuais com a adolescente. A delegacia regional e a delegacia da mulher de Picos investigam o caso. 
 (*) Maria Romero
Reações:

Postar um comentário

 
Top