Sábado, 17 de outubro de 2015. Faltavam dois dias para o jogo do acesso do River para a Série C do Brasileirão. O fotógrafo Deusdedit Farias só pensava nisso, mas teve de mudar o foco para outro momento importante. Ele e Jacqueline Bernardes iriam se casar. 
O que ele não esperava era uma surpresa armada pelo pai, a irmã e a própria esposa após a cerimônia religiosa. Ao chegar na recepção da festa de casamento, Deusdedit ouviu tocar o hino do River Atlético Clube. 
Deusdedit comemora até hoje o acesso e a surpresa do casamento. 
- Eu fiquei sem reação. Eu não sabia se gritava... Eu não sabia o que fazer. Foi muito bom. 
Jacqueline Bernardes disse que viu o agora esposo lacrimejar ao ouvir o hino tocado no saxofone pelo próprio pai, seu Deusdedit dos Santos. 
- Ele olhou para mim lacrimejando e perguntou:
- É?
- É, é o hino do River. 
A irmã do noivo, Rosa Carmen Rodrigues, se reuniu com Jacqueline na véspera do casamento para apresentar a ideia. A princípio, a música seria outra. Mas todos concordaram com a surpresa.
 
- A paixão dele que é terrível. Tenho até medo dele me trocar um dia pelo time ou botar riverino ou riverina no nome das crianças - brincou a agora esposa. - Ele troca até evento particular para sempre assistir aos jogos.
(*) Reportagem do notável jornalista esportivo Fábio Lima, portal Cidade Verde, reproduzida pelo Tribuna de Barras
Reações:

Postar um comentário

 
Top