Uma "ameaça de bomba" explodiu no Campeonato Brasileiro da Série D nesta quarta-feira. O presidente do Central, Jandoval Bezerra, afirmou que recebeu informações de fontes seguras de que o Lajeadense estaria sendo julgado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por escalar jogador irregular nas oitavas de final.

O boato atraiu atenção total do Central, que ficaria com a vaga nas quartas em caso de uma possível punição ao time de Lajeado. A perda de pontos por escalar um jogador irregular resultaria em uma eliminação. A CBF, porém, garantiu que não havia recebido nenhuma denúncia, o que faz com que a punição junto ao Alviazul não passe de uma especulação.

A entidade máxima do futebol deve se pronunciar nos próximos dias, antes até da partida entre Lajeadense e River, marcado para esta segunda-feira, pelas quartas de final da Série D. O classificado carimbará o acesso à Série C.
Já na partida contra o Central, nas oitavas, o Lajeadense venceu a partida de ida, por 4 a 0, e a de volta, por 2 a 1, esta última no Lacerdão, em Caruaru.
Imagem do último jogo do River, quando o time piauiense venceu o Estanciano, de Sergipe, por 3x0, em Teresina.

(*) Texto: Futebol Interior

Reações:
 
Top