Muitos populares estiveram no velório e sepultamento do ilustre ex-vereador Geraldo Frazim.
Em decorrência do falecimento do seu irmão Geraldo Frazim (como era popularmente conhecido), o prefeito José Joaquim no uso de suas atribuições legais decreta luto oficial por dois dias e ponto facultativo nesta segunda e terça-feira (19 e 20), nos órgãos públicos municipais, com exceção dos serviços e atividades considerados essenciais, como as áreas da Saúde, coleta e lixo urbano e segurança pública. Ao lamentar o fato ocorrido na noite deste domingo, 18 de outubro de 2015, o prefeito também disse que o município perdeu um dos seus mais ilustres moradores.
Geraldo Frazim faleceu aos 53 anos, foi candidato a vereador em duas eleições, sendo que, na segunda tentativa foi o mais bem votado com 335 votos, e na época ficou conhecido para a imprensa da região como o campeão de votos. Ele também durante muitos anos foi comerciante e açougueiros na capital Teresina, onde criou todos os seus filhos, atualmente com a força e o apoio de seu irmão Dr. Joaquim, estava morando em Cabeceiras e trabalhando em seu açougue. Mas isso é só um pouquinho da bela história de vida deste grande cidadão cabeceirense que partiu para morar com deus e deixa muitas saudades.
"Neste momento de dor, a Administração Municipal e toda a comunidade cabeceirense se solidarizam com os familiares e amigos de Geraldo Frazim, por sinal uma das mais tradicionais do município".
"Não há palavras que possam descrever a dor que nós estamos sentindo neste momento. Geraldo com seu carisma, simplicidade e com sua amizade e respeito, nos ensinou que amor e dedicação são fundamentais para ajudar o próximo", lamenta o prefeito. "Era uma pessoa solidária e sempre preocupada com o bem-estar o nosso povo, nós e seus colegas se orgulham de ter-lo como amigo e companheiro fiel". Seu irmão Zé Frazim, também lamenta e manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento de seu irmão querido.
Seu corpo foi velado na residência de sua mãe, dona Cândida, no Bairro Boa Nova e o sepultamento realizado às 16h30h, no Cemitério São José, em Cabeceiras. O sentimento de solidariedade esteve o todo tempo, estampado nos rostos e demonstrado em gestos de carinho para com os familiares e amigos. Uma data que ficará marcada na história do município. As ruas ficaram tomadas durante o cortejo fúnebre. A cidade literalmente parou no Adeus a este grande cidadão cabeceirense. Chegada a hora, um triste momento, o corpo de Geraldo, foi conduzido para sua morada definitiva. Que Deus o acolha no seu reino e que ele descanse em paz. Afinal, merece todo o nosso respeito e admiração pelo grande homem que foi, independente dos diferentes ideais, ele merece todas as homenagens. Cabeceiras perdeu um filho ilustre e querido.
(*) Apolo Araújo, Acesse Cabeceiras, especial para o Tribuna de Barras



Reações:

Postar um comentário

 
Top