A TV Cidade Verde, afiliada ao SBT no Piauí,  teve acesso a imagens que mostram a degradação de pontos turísticos do Piauí. Cachoeira do Urubu, Barragem do Bezerro, rios Marathaoan e Longá em Barras, dentre outros, estão na lista. O estudo foi feito pelo ambientalista Cleonilson Costa em várias regiões do estado. Ele cita o exemplo da Lagoa do Portinho, que chegou a secar quase que totalmente no início deste ano e o Rio Marathaoan que padece com a grande quantidade de dragas retirando sua água além da falta de proteção em suas margens. Já o Rio Longá a retirada de pedras para a construção civil é a principal agressão.

A ação irresponsável de plantadores de melancia, feijão e capim na região ribeirinha do Marathaoan e Longá, usando dragas para captarem água dos rios, tem provocado erosão nas margens além de baixo volume d'água e sumiço dos peixes. Pescadores usam explosivos tipo dinamite em moitas para matarem os peixes. A reportagem do Tribuna de Barras esteve circulando em uma lancha pelos dois rios e o que registrou é alarmante, fatos que mostram também a falta de compromisso do prefeito Edílson Sérvulo para com o meio ambiente. O que se registrou foram atos grosseiros de tamanha irresponsabilidade por parte do Poder Público Municipal. 


"A Lagoa do Portinho encontra-se em estado deplorável com criação de gado nas margens, exploração da água e é por isso que a lagoa está morrendo. Está faltando um trabalho de fiscalização desses pontos turísticos", afirma.
O ambientalista alerta para o risco de imigração, como já acontece em outros países, devido a degradação de rios e açudes. 
"Aqui no Piauí o que vai acontecer é a imigração ambiental, a falta de água, a falta de estrutura. Vai faltar água para a criação, plantações", alerta.
O Secretário Estadual do Meio Ambiente, Ziza Carvalho, disse que vem tomando as providências para combater os problemas, como o da Lagoa do Portinho. "Já contratamos dois estudos que tínhamos em tese que poderia dar certo para evitar que a lagoa secasse", disse.
Ele chama atenção dos prefeitos que intensifiquem a política de resíduos sólidos de seus municípios. 
"Os municípios devem ter uma política de residuos sólidos eficiente para que as bacias hidrógraficas não sejam inundadas pelo lixo urbano", declarou.
Na nascente do Rio Longá, cidade de Alto Longá, uma criação de porcos tomou conta e o lugar está parcialmente destruído. Não existe por parte das prefeituras projetos de preservação ambiental e os secretários municipais do meio ambiente apenas preenchem cargos estipulados pelos prefeitos para seus aliados, muitos dos secretários do meio ambiente não possuem conhecimento de causa.

Abaixo, fotos de como se encontra agora o Rio Marathaoan.






























Reações:
 
Top