Um escândalo na administração pública de Boa Hora, cidade da Região da Grande Barras, é o comentário de hoje na Terra da Rapadura. Tudo porque veio ao conhecimento público que Lívia Maria Almeida de Carvalho Canuto (foto abaixo), auxiliar de serviços gerais concursada para atuar na Secretaria Municipal de Educação e lotada na Creche Tia Maria Luíza, também recebe salário na Câmara Municipal de Boa Hora com o cargo "vigia".

Lívia Maria é esposa de um vereador do município de Boa Hora e é contratada para atuar na Secretaria Municipal de Educação como auxiliar de serviços gerais com Matrícula 78-2, cumprindo 40 horas semanais de serviço prestado. Além do serviço na Secretaria Municipal de Educação ela também recebe pela Câmara Municipal como vigia, mas sem comparecer ao trabalho.


(*) Fonte: repórter Juarez Santos, juarezsantos.com



Reações:
 
Top