Desde as 5 horas da manhã que moradores residentes nos bairros Morada de Barras e Residencial São Francisco, interditaram a rodovia estadual PI-110, que liga Barras a Batalha, Esperantina e Luzilândia.

Com cartazes, faixas e palavras de ordem os manifestantes protestam contra o descaso do Governo do Estado do Piauí através da AGESPISA - Águas e Esgotos do Piauí S/A com relação a prestação do serviço no fornecimento de água encanada. Diariamente esses bairros e quase toda a cidade sofre com a falta d'água nas torneiras sem nenhuma providência do Governo do Estado.

O clima no local é tenso e a polícia militar foi chamada para acalmar os ânimos, já que é grande a revolta popular. Os moradores dos bairros Morada de Barras e Residencial São Francisco estão há cerca de quatro meses sem água nas torneiras das suas residências.

O fogo ateado em pneus prejudica o asfalto, causando buracos. Na opinião da editoria do Tribuna de Barras esse tipo de manifestação deveria ser feita em frente ao prédio da AGESPISA em Barras ou mesmo em frente ao prédio da AGESPISA em Teresina. As pessoas que precisam da rodovia PI-110 para trafegar com seus veículos nada têm a ver com a falta d'água em Barras. Aliás, se essa manifetsação fosse em Teresina surtiria mais efeito, pois irresponsável como tem sido a AGESPISA e o próprio Governo do Estado (seu dono), podem crê que nada será feito para mudar a situação da falta d'água.









Reações:
 
Top