O torcedor do Parnahyba teve que tomar uma caixa de remédios para o coração e esperou até os 50 minutos do segundo tempo para soltar o grito de campeão da Copa Piauí. Líder e com cinco gols de saldo, o Tubarão podia perder por até dois gols de diferença para conquistar a taça na última rodada. E os azulinos encontraram o Flamengo-PI no caminho.



Em casa, no estádio Albertão, em Teresina, a Raposa conseguiu fazer 2 a 0 em um segundo tempo de muita garra rubro-negra. O goleiro Tony até cobrou falta, foi para a área no último minuto, mas não deu. Em 2016, o Parnahyba será o segundo representante do estado. O River, campeão piauiense, também estará na competição nacional.

Flamengo-PI - Toni; Leilon, Pedro (Vítor), Leandro e Lalá (Neto); Maicon, Léo, Neilson (Robinho) e Samir; Nailan e Augusto. Técnico: Dias Pereira.
Parnahyba - Toni; Dênis, Gilmar Bahia, Eduardo e Sorin; Pio, Luciano, Tadeu e Idelvando; Silas (Geovani) e Rhuann (Didi, mais tarde Sandro). Técnico - Paulo Moroni.
O técnico Paulo Moroni conquistou seu bi-campeonato da Copa Piauí. Ele já foi campeão da competição como treinador do Flaemngo-PI e agora pelo Parnahyba.  
Na preliminar da decisão, em jogo apenas para cumprir tabela, o Piauí Esporte Clube venceu o Caiçara por 3x2.



O garoto Vitinho com a taça de campeão
no vestiário do Estádio Albertão


CLASSIFICAÇÃO FINAL DA COPA PIAUÍ


1º) Parnahyba: 10 pontos (saldo de 3 gols)

2º) Flamengo-PI: 10 pontos (saldo de 2 gols)
3º) Piauí: 8 pontos
4º) Caiçara: 5 pontos
Reações:
 
Top