Há cerca de cinco anos um grupo de jovens atores de Barras faz filmes envolvendo cenários locais, onde retrata o cotidiano da cidade. Mais uma produção começa a ser filmada em Barras, com o seguinte enredo:

Cenário poético do centro de Barras, onde as vidraças da arquitetura moderna reluzem a arquitetura do passado.


Três estórias que se entrelaçam entre o triângulo amoroso de Genésio, Romeu e Helena: o retrato da luta pelo amor entre Aurélio e Eunice proibido pelos pais da moça; o amor não correspondido por padre Aristeu à beata Chica.
A estória começa com Romeu um homem mandado pela mulher. É metido a valente. Traído pela esposa não ver a traição, não quer aceitar o que todos veem. Adoentado ver na embriaguez um sentido para a vida. Helena é uma mulher religiosa e mandona. Não gosta da enteada Eunice. Eunice é uma garota apaixonada. Fica alegre por ser aprovada no vestibular. Outrora triste em determinado momentos. Aurélio é um rapaz que não trabalha e é sustentado pelos pais que moram no interior de Barras. Passa o dia entre tocar músicas. É apaixonado por Eunice e sonha em ser cantor.
Genésio antigo namorado de Helena chega de são Paulo. Frustrado nos sonhos de enricar, ele sonha em tomar a mulher do futuro patrão. Vive o dilema fugir com ela ou não. Lúcio é o amigo confidente de Aurélio. Sempre apoia o amigo em seus sonhos. Luta contra o preconceito da opção sexual. Chica é uma fofoqueira de plantão. Muito religiosa e é apaixonada por padre Aristeu. Cândida – Vive de fazer fuxicas. E tem a mania de pedir xícaras de café, açúcar e sal. Só vive nas portas das casas a falar dos outros.
Padre Aristeu é um homem temente a Deus. Muito solidário aos outros. Tem paixão platônica por dona Helena. Robert é um produtor musical e o cara que pode mudar a vida de Aurélio. Javier é também apaixonado por Eunice. Metido a play. Vive de aparências. Faz tudo para conseguir o amor da adolescente. Lourdinha é a amiga confidente de Eunice. Sonha em casar com um homem rico que lhe sustente. Menina interesseira. Tido como a metida do bairro.
Magno é um prefeito fanfarrão e em tudo acha um fato político para tirar proveito. Só pensa em ganhar mais dinheiro da prefeitura. Ver na oportunidade de fazer uma ação de dar um caixão, um ambiente político. Envolvido em um mar de corrupção sua gestão no governo atrasa toda a cidade. Doguinha é um louco filósofo. Muito humanista. Ninguém presta atenção no que ele diz.
Grande Elenco: Romulo Augusto, Joseh Santi, Shirley Lopes, Macedo Carvalho, Waldilio Siso, Joselia Santiago, Aninha Grazy, Leilane, Gustavo Araújo, Alex Zatelli, dentre outros atores barrenses.
Produção J N F e Zé Filho CDS
Abaixo, fotos de alguns dos atores  de Diálogo de uma Cidade:










Reações:
 
Top