Enquanto cidades menores que Barras como Água Branca, Valença do Piauí, Barro Duro, Elesbão Veloso, tem lombadas eletrônicas, semáforos e sinalização horizontal e vertical, além de ruas com mão única, Barras, no trânsito, ainda vive na "idade da pedra" com a construção das antigas "lombadas" feitas com pedras e cimento, popularmente chamadas de "quebra molas", que pela altura deveriam ser chamadas de "quebra carro". Elas além de danificarem veículos, provocam acidentes, motivos pelos quais deixaram de ser feitas em cidades onde as administrações são mais "civilizadas". 
A falta de sinalização em um quebra-molas existente na Avenida Deputado Pinheiro Machado, em frente a Cacau Show, provocou acidente envolvendo um homem de identidade ainda não revelada, empregado da empresa Real Bebidas.
O funcionário da Real Bebidas trafegava pela Deputado Pinheiro Machado nesta Quarta-feira (19) por volta das 19h15min quando não percebeu o quebra-molas, caindo e tendo graves ferimentos. Em um lugar minimamente civilizado o acidentado seria indenizado pela Prefeitura Municipal.
O Vereador Mateus Lages se comprometeu a na próxima Segunda-feira (24) entrar com requerimento na Câmara Municipal solicitando sinalização adequada nos reprovados quebra-molas existentes na cidade.
(*) Foto: Longah.com
Reações:
 
Top