Madre Lúcia Etchepare, nasceu na cidade de Carmelo, Uruguai. No dia 06 de julho de 1882. Filha de Pedro Etchepare e de Maria Sótil. Estudou no Colégio Nossa Senhora das Mercês do Divino Mestre. Concluiu o curso de professora e de pianista.
No dia 31 de janeiro de 1901, aos 19 anos de idade, foi admitida, após terminar os estudos, na Congregação das Irmãs das Mercês do Divino Mestre. Em Buenos Aires, Argentina. No dia 05 de agosto de 1901 recebeu o Hábito, iniciando assim o seu noviciado. No dia 06 de agosto de 1902 fez a sua Profissão Religiosa.

Madre Lúcia escreve para Dom Inocêncio López Santamaría, Bispo Mercedário do Brasil. Da Prelazia de Bom Jesus do Gurgueia (Piauí). Tinha visto Dom Inocêncio em 1934, na sua visita a Buenos Aires (Argentina), por ocasião do Congresso Eucarístico. O Santo Bispo responde sua carta, e faz um convite para que venha para a Prelazia do Piauí.
No dia 16 de junho de 1937 deixa Buenos Aires (Argentina). Embarca para São Raimundo Nonato-PI. Por sinal, a cidade tem o nome de um Santo Mercedário. Com ela viajam as Irmãs Celina e Teresinha. Todas elas queriam ser missionárias dos campos (lugares isolados). A Prelazia de Bom Jesus do Gurgueia era longínqua e isolada. Madre Lúcia tinha essa característica evangélica, que alguns denominam de “nomadismo”. Explico! Sua missionaridade sempre era vocacionada para trabalhos nas regiões mais isoladas, distantes e com poucos recursos financeiros.

No dia 23 de agosto de 1937 são recebidas por Dom Inocêncio. Além do Bispo, os Padres Jerônimo Marcos, Francisco Freiria,Emílio Silva, Angel Herrera e os Irmãos Pedro Nolasco, Avarenga e Antônio Moron.
Madre Lúcia faz um retiro espiritual e encontro fraterno na Casa-Mãe, em São Raimundo Nonato-PI. A partir daí, ela faz uma experiência no exterior. Aceita a Direção de uma Comunidade Mercedária de Clausura, na Cidade Real- Espanha.
Retorna ao Brasil.

EM 1955, ACEITA A DIREÇÃO DO PATRONATO MONSENHOR BOSON, EM BARRAS - PI




(*) Manoel Monte Filho, imortal da Academia de Letras do Vale do Longá - ALVAL, especial para o tribunadebarras.com
Reações:
 
Top