A decisão corajosa e acertada proferida pelo atual Juiz da Comarca de Barras, Thiago Coutinho de Oliveira, de fechar o Cartório Único, servirá de alerta e providencias na urgência de um retorno dos atendimentos com mais qualidade para parte da população dos municípios que compõem a Região da Grande Barras.

Denúncias de corrupção envolvendo cobranças de propina e pessoas sendo mal tratadas e tendo que passar mais de uma hora em fila e em muitas das vezes sem o devido atendimento, são algumas das graves irregularidades apontadas e denunciadas pelas próprias pessoas que necessitam do Cartório Único de Barras. Essas denúncias foram levadas ao conhecimento do Corregedor no Tribunal de Justiça, em Teresina, onde outras já existiam protocoladas. Há anos é do conhecimento público as más ações praticadas por servidores do Cartório Único de Barras, mas nunca expostas por magistrados que passaram pela Comarca.

Uma equipe composta por representantes de entidades de classe e autoridades constituídas, estará nesta Terça-feira (16), em reunião na sede da Corregedoria do Tribunal de Justiça, em Teresina, para pedir apoio na resolução dos problemas e punição aos acusados.


1

Reações:
 
Top