O ex-prefeito de Esperantina Felipe Santolia travou acalorada discussão através de rede social com o sargento Messias Machado, lotado em Batalha, e fez severas críticas aos Policiais que atuam nas cidades de Batalha e Esperantina, ambas da chamada "Região da Grande Barras". O bate-boca teve início após uma denúncia sobre suposto uso indevido de viatura na delegacia local.

No decorrer da discussão Santolia fez violentas críticas a Polícia dizendo que “Batalha não está só. Em Esperantina a grande maioria dos policiais além de covardes e borra botas de políticos, são corruptos e absolutamente despreparados” e fez uma gravíssima acusação: afirmou conhecer dois policiais lotados na Penitenciária de Esperantina que traficam drogas no interior do estabelecimento prisional. Santolia pergunta: “como as drogas chegam lá?”, em seguida responde, “Os policiais militares que fazem a ronda dos pavilhões na parte de cima. Cobram 250 reais pelo “avião”. Não só sei como provo”. O ex-prefeito esteve recentemente preso na Penitenciária de Esperantina, portanto sua acusação não deve ser vista como leviana, é necessário que sejam feitas investigações no presídio de Esperantina.

Em tempo: Santolia é réu em 30 ações na Justiça Federal, sendo 12 penais e 18 por improbidade e em mais de 15 na Justiça Comum, sendo 03 por peculato. Somados, todos os processos, poderá pegar mais de 50 anos de cadeia.



(*) Herbert Sousa, Gp1
Reações:
 
Top