Patrícial Leal (PT), prefeita de Altos, posa  para o Tribuna de Barras com os jogadores Sub-15 da Associação Atlética de Altos, após jogo no centro de treinamento do Piauí Esporte Clube, em Teresina.
Uma vergonha! Embora venha recursos mensais do Governo Federal para serem investidos no esporte, em especial destinado a juventude, somente as prefeituras de Altos e Teresina empregam devidamente os recursos em projetos esportivos/sociais. As demais prefeituras piauienses precisam provar o que fazem com dinheiro.

Galba Coelho, secretário de esporte da
Prefeitura de Teresina
A Prefeitura de Teresina através da sua SEMEL - Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, tendo à frente o atuante Galba Coêlho, professor, desportista e esportista, constrói e recupera campos e quadras esportivas nas zonas urbana e rural, fornece material esportivo para escolinhas de futebol e atua com ajuda em outras modalidades esportivas, cumprindo o papel social que o esporte oferece. A Prefeitura de Teresina através da sua SEMEL organiza ainda a Taça Teresina Sub-13 e Sub-15, envolvendo centenas de adolescentes de todos os bairros. O prefeito Firmino Soares da Silveira Filho (PSDB), bem assessorado, consegue reduzir problemas sociais investindo no esporte, especialmente na periferia da capital piauiense. Um exemplo a ser seguido.

Já em Altos, cidade do norte do Estado, distante 40 Km de Teresina, a prefeita Patrícia Leal (PT), mantém o futebol de base da recém-criada Associação Atlética de Altos, que atualmente disputa o Campeonato Piauiense Sub-15. A prefeita altoense além de também investir no esporte amador do município, organiza juntamente com sua assessoria a participação da A. A. de Altos no Campeonato Piauiense da 2ª Divisão a ser realizado no segundo semestre deste ano; para isso já tem patrocinador master para o time, a empresa Maratá, com sede em Sergipe. Patrícia Leal acerta mais uma vez em não fazer investimento no time profissional usando apenas recursos do município como acontece nas demais cidades piauienses onde há clubes profissionais. Uma grande reforma será feita após o período chuvoso no Estádio Felipe Raulino, onde o Altos abrigará seus jogos como mandante de campo no Campeonato Piauiense da 2ª Divisão. Ainda este ano a agremiação disputará também o Campeonato Piauiense Sub-19 (em Julho) e o Campeonato Piauiense Sub-17 (em Outubro). 

No jogo de estreia do Altos (como é chamado o time) no Campeonato Piauiense Sub-15, quando empatou em 2x2 com o Piauí Esporte Clube após estar vencendo por 2x0, em jogo disputado em pleno centro de treinamento do Piauizão Vibrante, Patrícia Leal chefiou a delegação e esteve sentada na margem do campo torcedo e até dando palpites sobre a exibição dos garotos altoenses. Água mineral, frutas e no final do jogo um "bicho" de R$ 50,00 para os jogadores que atuaram na partida e R$ 35,00 para os que não jogaram. Além da notável organização, belo incentivo. Boas notas escolares também são exigidas, o jovem atleta para jogar no time tem também que tirar boas notas na escola. Será que algum desses meninos se encaminhará para mundo da marginalidade? Duvido!

(*) Reinaldo Barros Torres, editor do Tribuna de Barras







Reações:
 
Top