Não tem chovido bem no norte do Piauí. As chuvas começaram a cair com maior intensidade na metade do mês de Fevereiro. Na região de Barras o Rio Marathaoan pela primeira vez na história não teve a sua barragem com água passando por cima! Já o Rio Longá acumulou um pouco mais de água, mas muito distante dos anos anteriores; mesmo assim a população de Barras e de cidades da Região da Grande Barras aproveita o lugar para lazer dos melhores nos finais de semana.

Nos balneários naturais do Rio Marathaoan, em toda  zona urbana, há também lamentações devido as poucas chuvas. A falta delas tem deixado o Marathaoan menos bonito este ano, mas não o suficiente para não continuar atraindo turistas. A pesca também tem sido escassa, não há muito peixe como nos anos passados.

Os agricultores de todos os municípios que compõem a chamada Região da Grande Barras: Batalha, Esperantina, Boa Hora, Cabeceiras, Miguel Alves, Nossa Senhora dos Remédios, Porto, Campo Largo, estão preocupados. Eles plantaram roças mas não estão esperançosos devido as poucas chuvas e acreditam que em 2015 o segundo semestre será de muito calor, falta d'água para os animais que criam e até mesmo para o consumo humano.

O agricultor José Estevão Barbosa em entrevista ao tribunadebarras.com nas imediações do Mercado Municipal, disse que: "Moro na Ingá, plantei minha rocinha mas não estou esperançoso de colher muito legume este ano. As chuvas estão fracas e os rios, riachos e açudes pegaram pouca água, isso me preocupa. Se não chover muito até o final de Abril até os poços cacimbões devem secar rápido", finalizou.

(*) As fotos podem ser reproduzidas, desde que mencionados os créditos para o tribunadebarras.com




















Reações:
 
Top