O jovem de 18 anos, José Paulo de Sousa Nascimento, vulgo "Raposa" , suspeito de violentar mulheres em Piripiri, cidade localizada a 50 Km de Barras e a 180 Km de Teresina, faleceu na tarde de ontem, Sexta-feira (13), no HUT em Teresina.
"Raposa" foi agredido por detentos na madrugada de Quinta-feira (12), em uma das celas do DP de Piripiri e em seguida encaminhado para Teresina. Mesmo estando preso e aos cuidados do delegado de polícia de Piripiri e dos profissionais da polícia que trabalham no DP, o detento foi espancado e violentado. É agora a vez de se colocar detrás das grades o irresponsável delegado e os irresponsáveis policiais que guardavam o DP, pois eles são os responsáveis pela guarda do detento e em consequencia pela morte do mesmo.
O detento levou socos e chutes e foi socorrido após sofrer vários ferimentos e um traumatismo craniano encefálico. A imprensa de Piripiri divulga que ele foi estuprado pelos colegas de cela. José Paulo de Sousa Nascimento vulgo "Raposa" esteve preso preventivamente a pedido do Juiz Dr. Francisco João Damasceno.
O pai de José Paulo, conhecido por Lourinho das Verduras, em entrevista a emissoras de rádio, falou que seu filho tem transtorno mental e atualmente estava sendo tratado pelo CAPS e que toda vez que assistia a novelas e ouvia alguns estilos de musica que falavam em sexo ele ficava a se masturbar e que já previa ele poder atacar mulheres, já que era doente. O pai disse ainda em entrevista que não tinha condição de impedir o filho de assistir novelas e nem ouvir músicas de forró, funk e swingueira.
Abaixo foto de receita médica e de um dos medicamentos controlados tomados pelo jovem morto.

Reações:
 
Top