Parte do grupo de crianças assistidas socialmente por Pedro Silva
 e com o apoio do
escritor Joaquim Neto Ferreira
Na Vila Padre Mário, região carente de Barras, onde falta o mínimo (calçamento nas ruas), o desportista barrense Pedro Silva desenvolve elogiado trabalho social envolvendo adolescentes. Trata-se do "Projeto Barras do Futuro".

Joaquim Neto Ferreira
Numa quadra de futsal, Pedro Silva, com o apoio do escritor barrense Joaquim Neto Ferreira, residente em Teresina, reúne cerca de trinta meninos onde ensina práticas do futebol de quadra (futsal) e maneiras de se viver melhor na família e na sociedade.

Muitas pessoas como Pedro Silva existem por todo o Piauí. São cidadãos preocupados com o bem-estar do próximo, com a melhoria das condições de vida das camadas mais necessitadas da sociedade. Falamos muito que "a juventude está perdida", mas os programas de socialização dessa juventude, de forma oficial, quase inexistem. Gasta-se milhares de reais com o carnaval, como aconteceu recentemente em várias cidades interioranas; mas esquecem de dar apoio a pequenos projetos como o de Pedro Silva, por exemplo, onde os resultados podem ser enormes quando vistos pelo ângulo de que diminuem os problemas sociais.


Desportista Pedro Silva
Empresários e comerciantes barrenses sob forma de doação, podem contribuir em projetos sociais e culturais e deduzirem o valor da doação no imposto de renda pago anualmente ao Governo Federal. Mas todos preferem pagar ao governo! Daí é necessário aparecer pessoas com a sensibilidade e a visão do escritor Joaquim Neto Ferreira para ajudar.


Reações:
 
Top