Uma das ruas centrais de Barras na calmaria de uma tarde de domingo.
Barras, sétimo maior município do Piauí em população (incluindo a capital Teresina) é o vigésimo em arrecadação de Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços - ICMS, excluindo-se a Capital. A área de serviços, especialmente o comércio, tem crescido muito na Terra dos Governadores nos últimos 10 anos; uma prova disso é a demanda de energia elétrica, pois nesse quesito Barras consome mais que Campo Maior, por exemplo. Barras recebe anualmente de ICMS a quantia de R$ 3. 568.763,94. O Piauí tem 224 municípios.
Uruçuí, pelo que recebe, deveria ser um município mais bem desenvolvido, ainda mais porque vive no polo da soja, considerado uma nova fronteira agrícola, e que precisa urgentemente de melhor infraestrutura para escoamento. A cidade é pobre e seu povo também.
O município de Uruçuí, só em 2013, recebeu exatos R$ 22.804.535,59 em ICMS, e no ano de 2014, esse patamar subiu para R$ 25.401.835,91. Com essa cifra a cidade perde somente para Parnaíba em termo de arrecadação, excluindo-se a capital Teresina. Parnaíba que em 2013 totalizou R$ 22.952.157,41 em ICMS, em 2014 arrecadou R$ 25.566.270,97.
LISTA
Abaixo a lista com os 40 maiores municípios arrecadadores de ICMS no Piauí.
Reações:
 
Top