Prefeita Salete Rego cumprimentando agricultoras em Miguel Alves
A prefeitura de Miguel Alves, cidade distante 90 Km de Barras,  entregou nesta Quinta-feira (22) a obra de aração 41,5 hectares de terras às margens do Rio Parnaíba a 50 famílias de vazanteiros agricultores.  
A obra foi realizada por um trator de arado, adquirido pela prefeitura em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural do Piauí, e solicitada pelos agricultores.   Segundo o secretário municipal de Agricultura, Adauto Nascimento, o custo do serviço de aração no município chega a R$ 120 por hora de uso de trator, o que é bastante oneroso para os agricultores.   “A prefeitura assumiu, então, a maior parte dos gastos – como revisão do trator, operador da máquina, parte do combustível –, ficando a encargo do agricultor R$ 60 reais, garantindo uma boa economia”, diz.   
A prefeita Salete Rêgo destaca que a ação faz parte do plano de desenvolvimento rural da gestão e vai aumentar a produtividade, incentivando a agricultura familiar, e potencializar a economia.   “É um projeto essencial para o desenvolvimento da agricultura. A prefeitura, inclusive, adquire parte da produção desses agricultores e destina à merenda escolar”, observa.   
O presidente da Associação dos Vazanteiros de Miguel Alves, Antônio Chimbas, destaca que esta é a primeira vez que este tipo de ação acontece em Miguel Alves.   “Foi um trabalho bem feito e vai ajudar muito os agricultores. A terra seca dificulta o crescimento das plantas e a aração vai ajudar no plantio, pois vai adequar a terra”, afirma.   A prefeitura também realizou sorteio de ferramentas – como facões, enxadas e foices –, distribuiu sementes de milho e feijão e mudas de caju, manga, acerola e outras plantas para serem cultivadas no local.   A prefeitura trabalha hoje com 250 agricultores dos 450 associados da Associação de Vazanteiros de Miguel Alves. Eles contam com cadastro na prefeitura para solicitar serviços no setor.

Reações:
 
Top