Barras registrou  o primeiro  assassinato de 2015 nesta madrugada de domingo. Trata-se do conhecido taxista identificado por Fernando da Dona Ziroca (foto ao lado), residente no bairro Matadouro.
O assassinato foi cometido por Antonio Nascimento de Morais e por Maria dos Remédios Furtado da Cruz, de 34 anos, com quem Antônio tinha envolvimento sexual. O fato aconteceu na casa de Remédios, na Vila Padre Mário.
Informações  dão conta que o taxista teria um caso com a rapariga do assassino, que teria tirado fotos em momentos de relações sexuais com ele e que estas imagens teriam vazado por aplicativos de internet.  Remédios levou Antonio para o cheiro do queijo ao ligar para o taxista e o chamar para encontrá-la em sua casa onde já estava Antonio Nascimento de Morais.
Após ser atingido, o motorista ainda dirigiu o carro até as proximidades do prédio do Detran, mas não resistiu a facada na jugular e veio a óbito.
Antonio e Remédios foram presos em flagrante. Após o crime eles, sem saber que Antonio estava morto, foram à delegacia prestar queixa e depois disso foram ao Hospital Regional Leônidas Melo fazer curativos nos ferimentos. Segundo informações da polícia, Remédios está querendo assumir a autoria total do crime e livrar seu parceiro sexual, mas a polícia está averiguando com testemunhas.
(*) Com informações do repórter Pedro Silva, longah.com
Reações:
 
Top