O Estado foi "quebrado" nas últimas três administrações: governadores Wellington Dias (PT), Wilson Martins (PSB) e José Moraes Sousa Filho (PMDB). Foto: traficantes presos em Barras.
Em uma ação conjunta entre as policias civil e militar de Barras tendo a frente o Sargento Carcará e equipe composta pelos militares Cabo Castro, Cabo Dilson e agentes da polícia civil, foi preso hoje (18/12) um casal de traficantes, Sebastião de Amorim Santos (44 anos) e Layla Silva Gomes (25 anos) em um matagal na altura do Bairro Paquetá, por volta das 16hs e 30min. 


Foi encontrado com os dois vários papelotes de crack e 350 gramas de crack em forma de tijolo e ainda R$ 350 em dinheiro que segundo a policia é fruto do trafico. 

Ambos moravam em Teresina, no Bairro Parque Alvorada. Ainda nos festejos da Padroeira, a dupla se mudou para Barras, alugando uma casa na Rua São Miguel, Bairro Pedrinhas II.

Vergonha! Corte de combustível feito pelo Governo do Estado do Piauí

De acordo com informações apuradas pela equipe de jornalismo investigativo do portal, o recurso que era aplicado na compra do combustível para o abastecimento das viaturas da policia militar, foi cortado pelo governo do Estado, sendo que para que as mesmas possam circular garantindo assim a segurança dos barrenses, pasmem, é preciso que amigos e populares façam doações para se abastecer as viaturas.

Mesmo assim os nossos bravos e aguerridos policiais militares estão cumprindo a sua função de coibir o crime, capturando traficantes e buscando atender da forma mais ágil e eficaz possível a população. Enquanto isso o governo estadual parece ter cruzado os braços no combate ao crime, pois diante de atitudes com esta, não há como não chegar a esta conclusão.

Será que os barrenses terão que incorporar ao cotidiano a imagem de policiais militares empurrando viaturas pelas ruas de nossa cidade sem combustível ? Ou o governo do Piauí vai acordar para a realidade e buscar solucionar este problema que só envergonha e nada contribui para a segurança publica de nossa estado?

Com a palavra os representantes da segurança publica do Piauí, bem como o senhor governador do Estado.

(*) A Grande Barras



Reações:
 
Top