O desembargador Tomaz Gomes Campelo (foto ao lado) será homenageado neste Sábado (22) pela Academia Piauiense de Letras com o lançamento póstumo de seu livro "A Pedra Serviçal". 
Trata-se de uma coletânea de crônicas inéditas escritas pelo desembargador que já foi presidente da Academia de Letras do Vale do Longá - ALVAL, fundada em 23/09/1978 e sediada em Barras. O livro foi organizado por Viriato Campelo, Aci Gomes Campelo, ambos imortais da Academia de Letras do Vale do Longá e Joaquim Campelo Filho e editado pela EDUFPI.
"A Pedra Serviçal" foi prefaciada pelo presidente da Academia Piauiense de Letras - APL, Nelson Nery Costa. "É uma obra belíssima e estamos prestando essa homenagem ao desembargador, que foi um grande homem da magistratura e da literatura", afirma Nelson.
A homenagem, marcada para as 10 horas deste Sábado, terá a presença dos membros da Academia Piauiense de Letras e da Academia de Letras do Vale do Longá, além de familiares, amigos e admiradores da obra do imortal.
Tomaz Gomes Campelo foi presidente da Academia de Letras do Vale do Longá e presidente da União Brasileira de Escritores (UBEs-PI). Após uma vida dedicada ao Tribunal de Justiça do Piauí, aposentou-se no cargo de desembargador em 1996 e faleceu este ano.
Reações:
 
Top