Depois de quatro anos afastado do futebol do Estado do Piauí, Flávio Araújo retorna ao Estado que ajudou a projetá-lo no cenário nacional. O treinador é o novo comandante do River para a temporada 2015, conforme comunicado oficial da diretoria do Galo revelada neste Sábado (22). Com discurso encorajador após dias em negociação silenciosa com o presidente Elizeu Aguiar, o cearense acertou detalhes contratuais nas últimas 48 horas para aceitar o desafio no clube tricolor. Segundo o clube, Flávio Araújo deve chegar em Teresina nos próximos dias para definir o planejamento para a nova temporada.
- Estou voltando com muito orgulho. Quero dizer à torcida tricolor que vamos trabalhar muito para resgatar historia de vitória do River. A torcida pode confiar. Vamos unir o que temos de melhor e busca brigar pelo título na Copa do Nordeste, ficar entre os 16 na Copa do Brasil e sermos bicampeões do Estadual - declarou o técnico no comunicado oficial.
Além de definir valores salariais, a diretoria tricolor precisou ajustar detalhes da contratação de toda a comissão técnica da Flávio Araújo. A equipe é composta por Hélio Pinheiro (assistente técnico), Pedro Henrique (preparador físico) e Wellington Teles (preparador de goleiros).
O último clube de Flávio Araújo nessa temporada foi o Sampaio Corrêa/MA, quando o treinador comandou a equipe em boa parte da Série B do Campeonato Brasileiro. No futebol piauiense, Flávio Araújo comandou as equipes do River (2003 e 2007), 4 de Julho (2003), Parnahyba (2004 e 2005), Barras (2007, 2008, 2009/2010) e Flamengo do Piauí (2008).
No que se refere aos títulos, Flávio Araújo conquistou pelo 4 de Julho a segunda divisão do Piauiense de 2003, comandou o Parnahyba no bicampeonato de 2004 e 2005 e também levou o Barras ao seu único título estadual em 2008 e ao octogonal final da Série C do Campeonato Brasileiro em 2017. Além do Campeonato Piauiense, Flávio também foi o treinador na conquista do Flamengo do Piauí na Copa Piauí de 2008.
No Maranhão, Flávio Araújo foi responsável pelos dois últimos acessos do Sampaio Corrêa (da Série D para a Série C em 2012 e da Série C para a Série B em 2013), o treinador ainda acumulou dois Estaduais e duas Copa São Luís pelo Tubarão.
No Pará treinou o Clube do Remo. No Rio Grande do Norte treinou o América de Natal.  No Ceará treinou o Fortaleza e foi o responsável pelo acesso do Icasa a Série C do Campeonato Brasileiro. É um profundo conhecedor do futebol nordestino.

(*) Com informações do Globo Esporte
Reações:
 
Top