Barras é possui a sétima maior população entre os municípios piauienses e ainda briga por uma causa básica: o fornecimento de energia elétrica com qualidade.

A falta de energia em grande escala nas zonas urbana e rural fez com que cidadãos de vários segmentos da sociedade saíssem às ruas na noite de hoje (16) protestando. O evento teve o apoio da Associação Comercial e Industrial de Barras e das escolas das redes municipal, estadual e privada.

Uma das causas da interrupção no fornecimento de energia na maioria das cidades brasileiras tem sido além da falta de manutenção nas redes de distribuição, o Projeto Luz para Todos, do Governo Federal. De forma demasiada o Governo Federal levou energia para as mais distantes localidades das zonas rurais dos municípios, não construindo subestações e nem redes em alta tensão, o que sobrecarregou as cidades e tem provocado nestas constantes apagões ou oscilações.









A Eletrobras, responsável pela distribuição de energia elétrica no Piauí distribuiu nota ao público endereçada aos barrenses a qual reproduzimos abaixo.


Eletrobras investe R$ 15,5 milhões em Barras para melhorar a qualidade da energia fornecida

O Município de Barras, localizado no meio-norte do Piauí, recebe investimentos da Eletrobras Distribuição Piauí da ordem de R$ 15,5 milhões em obras de sub-transmissão, com a construção de linha de distribuição em alta tensão e reforma e ampliação de subestações.
Para melhorar os níveis de tensão, aumentar a oferta e a confiabilidade da energia fornecida para Barras e cidades circunvizinhas, a Eletrobras Distribuição Piauí está concluído a construção de uma Subestação de 69/34,5 kV – 12,5 MVA e uma Linha de Distribuição na tensão de 69 kV, com 67 km de extensão, que ligará a subestação de Campo Maior à nova subestação de Barras, mais a ampliação da subestação de Campo Maior para conexão da nova linha, orçados em R$ 15,5 milhões
Tivemos um atraso considerável em razão do nosso prestador de serviço ter passado por um momento de dificuldade operacional. Importante frisar que os motivos que levaram ao atraso já foi superado com a adoção de diversas ações e que a obra será concluída em um tempo menor do que se a empresa fizesse uma nova contratação.
Outro problema que a Empresa teve que superar foi com os proprietários de imóveis situados ao longo do trecho por onde passa a Linha de Distribuição de Alta Tensão. Isso fez com que a obra ficasse parada por um determinado período, porque estava impedida de trabalhar, sendo necessária a intervenção do Judiciário, onde foram concedidas medidas liminares favoráveis, inclusive a utilização de força policial, uma vez que alguns proprietários desrespeitaram a decisão da justiça para que distribuidora de energia desse prosseguimento a conclusão de tão importante obra para o município de Barras. Hoje mesmo, houve necessidade de utilizar ação coercitiva da polícia para que fosse obtido acesso aos locais da obra.
Todo o material já foi adquirido e a previsão de sua conclusão é para dezembro desse ano. Já estamos com 99% de todas as estruturas implantadas e mais de 80% dos cabos já lançados. No momento estamos fazendo a parte do acabamento.
Com a conclusão dessas obras, o município de Barras será dotado de energia com maior qualidade, com melhoria nos níveis de tensão, e trará para o município, tanto da zona urbana como rural, condições favoráveis para a expansão do comércio, da indústria, implantação de projetos de irrigação e o aumento da geração de emprego e renda daquela região.
A Eletrobras Distribuição Piauí reafirma o seu propósito de continuar trabalhando com o compromisso de fornecer energia elétrica de qualidade à população piauiense e, em especial, aos os moradores das cidades de Barras, Cabeceiras e Boa Hora, que no natal e ano novo já estão desfrutando de uma energia de boa qualidade.
Reações:
 
Top