Atualizadas :

Grande Barras

Cidade

Eventos

Sociedade

Turismo

Cesarino Oliveira irá receber salário de R$ 15 mil da CBF por presidir a FFP

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Cesarino Oliveira, presidente da Federação
 de Futebol do Piauí - FFP
A CBF - Confederação Brasileira de Futebol, vai oferecer um salário mensal aos presidentes das 27 federações estaduais - os mesmos 27 que votam nas eleições para presidente da entidade e aprovam as prestações de contas nas assembleias da mentora do futebol brasileiro. O mimo será de cerca R$ 15 mil mensais.
O presidente da entidade, José Maria Marin, confirmou em Viña del Mar, no Chile, onde participa de eventos da Conmebol, que vai sim pagar mensalmente aos presidentes das federações estaduais.
- Acho perfeitamente normal, é uma verba de representação. Os presidentes de federações têm despesas, têm viagens. Acho normal. Sobre o valor, prefiro que os presidentes (de federações) respondam a vocês.
Delfim de Pádua Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol e futuro vice-presidente da CBF, falou sobre o assunto.
- Eu defendo, porque não é ilegal nem imoral. Algumas federações têm muita dificuldade, e para os presidentes que trabalham, é justo que se pague essa ajuda de custo - declarou o presidente da Federação de Santa Catarina.

Cesarino Oliveira, presidente da FFP - Federação de Futebol do Piauí, que diga-se de passagem faz um bom trabalho, será contemplado com o gordo salário pago pela CBF. Seria também de bom alvitre que a mentora do futebol brasileiro aumentasse a cota mensal destinada as suas filiadas, para que desenvolvam melhor trabalho nos seus campeonatos profissionais e amadores, em especial as federações das regiões Norte e Nordeste.

(*)  Com informações do Bastidores F.C.

Piauí Esporte Clube e River na Copa do Brasil de 2015. Saiba mais sobre a competição

River Atlético Clube e Piauí Esporte Clube voltarão a empolgar seus torcedores no Estádio Albertão como na final do Campeonato Piauiense 2014 (foto).

A 27ª edição da Copa do Brasil de Futebol deverá ter 87 participantes de 26 estados e do Distrito Federal e será disputada entre fevereiro a novembro de 2015. O campeão da Copa do Brasil de 2015 garante uma vaga à Copa Libertadores da América de 2016.

O River Atlético Clube e o Piauí Esporte Clube, campeão e vice-campeão piauiense de 2014, serão os representantes do futebol piauiense. Em dezembro a CBF deverá fazer o anúncio oficial dos clubes que participarão da competição.

A partir da edição de 2013 a Copa do Brasil teve mudanças significativas em relação às edições anteriores com o objetivo de se tornar mais atrativa e ter a participação dos grandes clubes do país. As principais mudanças da Copa do Brasil a partir de 2013 são:

• Participação dos clubes que disputam a Copa Libertadores do mesmo ano.

• Aumento do número de participantes de 64 para 87. Originalmente seriam 86 clubes, mas a mudança do ranking nacional dos estados fez a CBF criar uma fase prelinar entre os representantes do Acre e do Espírito Santo.

• Duranção extendida. A Copa do Brasil passa a ser disputada de fevereiro a novembro.

• Aumento de seis para oito fases (originalmente o plano seria criar sete fases, mas foi criada uma fase preliminar).

• Na fase preliminar um representante do Acre enfrenta um clube do Espírito Santo por uma vaga na Primeira Fase em sistema eliminatória de ida e volta. • Nas primeiras fases os 80 clubes em sistema eliminatório de ida e volta disputam 10 vagas.

• Nas oitavas de final os 10 clubes classificados das fases anteriores se juntam aos 6 clubes brasileiros da Copa Libertadores. As quartas de final, semifinal e finais continuam no sistema eliminatório de ida e volta.

• Se o Brasil tiver apenas cinco vagas na Copa Libertadores o sexto clube será definido pelo ranking nacional de clubes da CBF. O melhor colocado neste ranking disputará a Copa do Brasil.

• Oito clubes eliminados antes das oitavas de final da Copa do Brasil garantirão uma vaga à Copa Sul-Americana do ano seguinte. O critério de classificação será de acordo com a classificação do Campeonato Brasileiro do ano anterior.

Entre as edições de 2001 a 2012 os clubes que participam da Copa Libertadores não disputaram a Copa do Brasil. Como o campeão da Copa do Brasil tinha vaga garantida na Copa Libertadores do ano seguinte, esta situação criou a impossibilidade de um mesmo clube vencer a Copa do Brasil por dois anos seguidos. O que ainda não havia ocorrido antes de 2001.

Em 1º de dezembro de 2011, a CBF confirmou o retorno da participação na Copa do Brasil dos clubes que disputam a Copa Libertadores no mesmo ano. Os clubes poderão disputar os dois torneios a partir de 2013. A Copa do Brasil também terá outras mudanças como: aumento do número de participantes para 86, mais fases, maior duração do campeonato (de março a novembro) e a participação dos clubes que disputam a Libertadores em fases adiantadas.

O sorteio dos grupos da Copa do Brasil 2015 será realizado em data a ser definida. Nesta data serão definidos pela CBF os confrontos da Copa do Brasil 2015 e a tabela com os jogos de todas as fases da segunda mais importante competição nacional.

Clubes participantes da Copa do Brasil de 2015*

Clubes que começam a Copa do Brasil 2015 nas oitavas-de-final
Cinco ou seis clubes que disputarão a Copa Libertadores de 2015 começam a Copa do Brasil 2015 na fase oitavas de final*.

- Campeão da Copa Libertadores da América de 2014 (se for um clube brasileiro)
- Campeão da Copa do Brasil de 2014
- Campeão do Campeonato Brasileiro de 2014
- Vice-campeão do Campeonato Brasileiro de 2014
- 3º lugar do Campeonato Brasileiro de 2014
- 4º lugar do Campeonato Brasileiro de 2014*

* Se um clube brasileiro ganhar a Copa Libertadores mais um clube brasileiro disputa a competição continental. Se um clube brasileiro disputar a Libertadores e a Sul-Americana no mesmo ano ele não disputará a Copa do Brasil 2015. Como o campeão da Sul-Americana tem vaga garantida na edição seguinte o clube não terá datas para jogar os dois torneios. A vaga deste clube será destinada ao melhor colocado no Campeonato Brasileiro de 2014, que começará a Copa do Brasil de 2015 na segunda fase e sua vaga da fase inicial será preenchida por outro clube do mesmo estado.

Clubes classificados nos estaduais para a Copa do Brasil 2015
Confira os clubes classificados para a Copa do Brasil de 2015 por estado - de acordo com a classificação para a Copa do Brasil dos anos anteriores.

Bandeira do Acre Clubes do Acre na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
** - Vice-campeão do Estadual 2014

Bandeira de Alagoas Clubes de Alagoas na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- Melhor colocado no Estadual 2014

Bandeira do Amapá Clubes do Amapá na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014

Bandeira do Amazonas Clubes do Amazonas na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014

Bandeira da Bahia Clubes da Bahia na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- Campeão da Copa Governador do Estado da Bahia de 2014

Bandeira do Ceará Clubes do Ceará na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- Campeão da Copa Fares Lopes de 2014

Bandeira do Distrito Federal Clubes do Distrito Federal na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Metropolitano 2014
- Vice-campeã do Metropolitano 2014
- Terceiro colocado no Metropolitano 2014

Bandeira do Espírito Santo Clubes do Espírito Santo na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
** - Campeão da Copa Espírito Santo de 2014

Bandeira de Goiás Clubes de Goiás na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- Terceiro colocado no Estadual 2014

Bandeira do Maranhão Clubes do Maranhão na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão da Copa União de 2014

Bandeira de Mato Grosso Clubes de Mato Grosso na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Campeão da Copa Governador de Mato Grosso de 2014

Bandeira de Mato Grosso do Sul Clubes de Mato Grosso do Sul na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014

Bandeira de Minas Gerais Clubes de Minas Gerais na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- 3º colocado no Estadual 2014
- Campeão da Taça Minas Gerais 2014

Bandeira do ParáClubes do Pará na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- 3º colocado no Estadual 2014

Bandeira da Paraíba Clubes da Paraíba na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Campeão da Copa Paraíba 2014

Bandeira do Paraná Clubes do Paraná na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- 3º colocado do Estadual 2014
- 4º colocado do Estadual 2014

Bandeira de Pernambuco Clubes de Pernambuco na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- 3º colocado no Estadual 2014

Bandeira do Piauí Clubes do Piauí na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014

Bandeira do Rio de Janeiro Clubes do Rio de Janeiro na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- 3º colocado no Estadual 2014
- 4º colocado no Estadual 2014
- Campeão da Copa Rio 2014

Bandeira do Rio Grande do Norte Clubes do Rio Grande do Norte na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- Campeão da Copa FNF de 2014

Bandeira do Rio Grande do Sul Clubes do Rio Grande do Sul na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- 3º colocado no Estadual 2014
- Campeão da Copa FGF 2014

Bandeira de Rondônia Clubes de Rondônia na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014

Bandeira de Roraima Clubes de Roraima na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014

Bandeira de Santa Catarina Clubes de Santa Catarina na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- Campeão da Copa Santa Catarina de 2014

Bandeira de São Paulo Clubes de São Paulo na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014
- Vice-campeão do Estadual 2014
- 3º colocado do Estadual 2014
- Campeão da Série A2 do Estadual 2014
- Campeão da Copa Paulista 2014

Bandeira de Sergipe Clubes de Sergipe na Copa do Brasil 2015
- Campeã do Estadual 2014
- Vice-campeã do Estadual 2014

Bandeira de Tocantins Clubes de Tocantins na Copa do Brasil 2015
- Campeão do Estadual 2014

* As equipes podem ser modificadas após a conclusão das vagas para a Copa Libertadores, classificação final do Campeonato Brasileiro de Futebol ou desistência de clubes.

** Uma vaga na Copa do Brasil de 2015 será definida numa seletiva entre os clubes do Acre e do Espírito Santo. Com o novo ranking dos estados o Espírito Santo perdeu sua segunda vaga na Copa do Brasil de 2013 e o Acre ganhou mais uma vaga. Com esta decisão, a Desportiva perderia a vaga na Copa do Brasil de 2013, mas a Federação de Futebol do Espírito Santo sentiu-se prejudicada já que a Copa Espírito Santo de Futebol de 2012 foi elaborada para definir o segundo representante do estado na competição nacional. A CBF decidiu realizar uma disputa entre o Atlético Acreano e a Desportiva. Esta "Pré-Copa do Brasil" entre os segundos clubes do Acre e do Espírito Santo será disputada nas edições da Copa do Brasil de 2013, 2014 e 2015.

Clubes do Ranking da CBF na Copa do Brasil 2015
Os 10 melhores colocados no Ranking da CBF que não foram classificados pelas federações estaduais.

Classificados segundo o atual ranking da CBF *
Ranking - Clube - Estado - Pontos
10 clubes a serem definidos pelo Ranking.

Regulamento da Copa do Brasil de 2015
87 clubes de 26 estados e do Distrito Federal deven participar da Copa do Brasil de Futebol de 2015. Entre as mudanças no regulamento das edições anteriores, a Copa do Brasil a partir de 2013 terá participação dos clubes que disputam a Copa Libertadores do mesmo ano, aumento do número de participantes, duranção extendida, aumento de seis para oito fases (originalmente o plano seria criar sete fases, mas foi criada uma fase preliminar). Nas primeiras fases os 80 clubes em sistema eliminatório disputam 10 vagas. Nas oitavas de final os 10 clubes classificados das fases anteriores se juntam aos 6 clubes brasileiros da Copa Libertadores. As quartas de final, semifinal e finais continuam no sistema eliminatório.

História da Copa do Brasil de Futebol
A Copa do Brasil foi criada em 1989 e é atualmente o segundo torneio de futebol mais importante do país. Concebida nos moldes das Copas Europeias a competição integra todos os estados e o Distrito Federal do Brasil.

Cruzeiro e Grêmio são os maiores vencedores da Copa do Brasil com quatro títulos cada. O estado de São Paulo tem 8 conquistas da Copa do Brasil. A região com mais títulos é o Sudeste, 17 no total.

Tirar o eletrodoméstico da tomada representa economia de 20% na conta de luz


Muita gente pode achar que o aparelho desligado no botão é garantia de que o mesmo não está consumindo energia. No entanto, um estudo feito pela a Proteste Associação de Consumidores mostrou que tirar o aparelho da tomada pode reduzir o valor da conta de energia elétrica em até 20%. 

Para a coordenadora institucional da Proteste, Maria Inês Dolci, a pesquisa revelou que o fato de possuir vários aparelhos em casa que permanecem em modo de espera, no final das contas, impacta diretamente no consumo de quilowatts-hora (kWh) e no bolso do consumidor. “É preciso que as pessoas tenham consciência e comecem a aplicar esses procedimentos que irão fazer a diferença na conta de luz e na economia doméstica”, afirma a coordenadora.

Modo off: Tendo em vista tanto a tendência do aumento do consumo de energia por conta do Verão que se aproxima, quando o novo modo de tarifação mensal na conta de luz que passa a valer a partir de janeiro do ano que vem, o uso do modo espera precisa ser melhor estudado pelas famílias. Aparentemente, ele é apenas uma luzinha vermelha, mas na realidade representa enorme perda de energia. Para a gerente de Eficiência Energética da Coelba (a distribuidora de energia que atende o estado da Bahia), Ana Christina Mascarenhas, o stand by não vale apenas para a televisão, forno micro-ondas, computador, som e ar-condicionado, mas também para os equipamentos de TV por assinatura e de aparelhos que estão conectados à internet via wi-fi. Ela diz que a medida de desligar todas as luzes e todos os botões - e até mesmo tirar o aparelho da tomada - só não vale para geladeiras para não estragar os alimentos.“Se deixou o aparelho na tomada, ele está consumindo energia e não é pouca coisa como se pensa. É uma perda realmente muito significativa”, reforça. 

A estudante de Fisioterapia Laiane Mesquita costuma pagar por mês de R$ 100 a R$ 120, mesmo com o desconto de 10% da Tarifa Social de Energia. “Os dois ventiladores, dois televisores com TV por assinatura, geladeira, micro-ondas e mais o notebook estão sempre ligados”, conta ela. A estudante confessa que quase nunca tira os aparelhos da tomada. “Minha rotina é muito corrida. Enquanto eu dou banho na bebê, estou batendo a vitamina dela no liquidificador e esquentando a comida dos meninos no micro-ondas. Ao mesmo tempo, meu outro filho liga a televisão e o mais velho brinca no notebook. Acabo não desconectando da tomada para não ter que sair ligando tudo de novo as coisas que uso com frequência”. Questão de hábito Segundo informações da Coelba, o valor aproximado do kWh para a classe residencial é de R$ 0,51 (para endereços em que o consumo seja até 149 kWh) e de R$ 0,53 (a partir de 150 kWh). O estudante Luan Porto paga caro pelo uso do stand by. “Minha conta chega a R$ 140. Não ligo mais o chuveiro elétrico e as luzes estão sempre apagadas quando não tem ninguém em casa”, diz. O ventilador ligado o dia todo pesou no registro final do contador de energia. “O calor está muito grande. Nessa época do ano, posso até desligar quase tudo, menos ele”. A gerente de Eficiência Energética Ana Christina Mascarenhas reforça que melhorar o consumo de energia é uma questão de hábito. Mesmo com todo o monitoramento, o consumo de energia na sua casa dobra quando o tempo está mais quente. “A culpa é principalmente do ar-condicionado e de como meu filho costuma utilizá-lo. Ele viajou e ficou um mês fora e o consumo reduziu em 100 kWh, algo que diminuiu em R$ 50 a minha conta”. Conversar em casa foi a solução. “Então, aí a gente tem mesmo que bater aquele papo e chegar em um ponto em que ele perceba que não há necessidade de manter o aparelho ligado quando não está sendo usado. A família toda precisa contribuir”. A gerente atenta o consumidor para mais algumas dicas: “Prefira equipamentos que possuem uma potência menor, reconhecidos pelo Procel e Inmetro. Não há também necessidade de chuveiro elétrico ligado com todo esse calor. Lâmpada de Led é outro recurso que pode ajudar a reduzir o valor da conta”.

Com grande público Valdemir Miranda lança em Esperantina a obra Enlaces de Família

domingo, 23 de novembro de 2014


Nesse Sábado, 22, o escritor Valdemir Miranda laçou seu livro intitulado Enlaces de Família que conta a história das famílias que habitaram o Vale do Longá. O evento foi realizado no Clube Recreativo, em Esperantina. Os convidados adquiriram a obra que traz informações sobre enredamento trissecular dos nomes e do sangue dos velhos trocos ancestrais que desde os primórdios do século XVIII dão inicio á ocupação colonial portuguesa no norte do Piauí.


Enlaces de Família é um trabalho histórico genealógico biográfico, que trata de como se deu a ocupação de um dos Pólos de Colonização do Piauí. No formato 20X26 [A4], o trabalho possui 536 páginas.


O escritor Valdemir Miranda
 apresentando sua obra literária
O autor dedicou mais de duas décadas de sua juventude, seu esforço, seu trabalho e seus recursos para presentear a grande comunidade do Norte do Piauí, e especial dos municípios de Barras, Batalha, Esperantina e Piracuruca, com este precioso e notável livro.

O livro apresenta o enlace entre os CASTELO BRANCO e os CARVALHO DE ALMEIDA, com diversas outras famílias, formando uma teia genealógica, possibilitando compreender as relações familiares entre Leonardo da Senhora das Dores Castelo Branco, com os Padres Miguel de Carvalho e Tomé de Carvalho e Silva, Bernardo de Carvalho e Aguiar, senhor de Bitorocara, e com os irmão Manoel e Antonio Carvalho de Almeida, bem como os primeiros entrelaçamentos dos ocupantes iniciais do Vale do Longá com as mulheres da família Castelo Branco, que possuem com descendentes por enlaces de casamentos as famílias: Miranda, Castro, Lustosa, Rego, Borges, Carvalho, Quaresma, Fernandes, Ferreira, Barros.

No intuito de sugerir possibilidade de aprofundamento do tema a outros pesquisadores e, ao mesmo tempo, dar visibilidade a parcela das inúmeras informações conseguidas em sua longa e extensa investigação histórica genealógica, o autor elaborou e acrescentou ao livros vários apêndices desdobrando alguns dos enlaces das famílias estudadas com outros velhos trocos locais: Bustamante de Sá Meneses, Coelho de Resende, Dias da Silva, Dias da Silva de Parnaíba, Gomes Rebelo, Lopes Castelo Branco, Lopes Duarte, Machado de Batalha, Miranda de Barras, Miranda de Campo Maior, Miranda de Oeiras/Parnaíba, Monte, Moreira de Carvalho, Pinto Leite, Quaresma de Batalha, Queirós, Rego do Peixe, Rodrigues de Carvalho, Sampaio de Carvalho, Sampaio Pereira, Silva/Campos e os Soriano de Carvalho.

O livro também será lançado em Teresina, dia 11 de dezembro, às 19h, no Auditório da TV Assembleia. Depois será a vez da cidade de Batalha, que deverá acontecer durante as comemorações dos festejos de São Gonçalo.


Decidido: Flávio Araújo é o novo técnico do River Atlético Clube

sábado, 22 de novembro de 2014

Depois de quatro anos afastado do futebol do Estado do Piauí, Flávio Araújo retorna ao Estado que ajudou a projetá-lo no cenário nacional. O treinador é o novo comandante do River para a temporada 2015, conforme comunicado oficial da diretoria do Galo revelada neste Sábado (22). Com discurso encorajador após dias em negociação silenciosa com o presidente Elizeu Aguiar, o cearense acertou detalhes contratuais nas últimas 48 horas para aceitar o desafio no clube tricolor. Segundo o clube, Flávio Araújo deve chegar em Teresina nos próximos dias para definir o planejamento para a nova temporada.
- Estou voltando com muito orgulho. Quero dizer à torcida tricolor que vamos trabalhar muito para resgatar historia de vitória do River. A torcida pode confiar. Vamos unir o que temos de melhor e busca brigar pelo título na Copa do Nordeste, ficar entre os 16 na Copa do Brasil e sermos bicampeões do Estadual - declarou o técnico no comunicado oficial.
Além de definir valores salariais, a diretoria tricolor precisou ajustar detalhes da contratação de toda a comissão técnica da Flávio Araújo. A equipe é composta por Hélio Pinheiro (assistente técnico), Pedro Henrique (preparador físico) e Wellington Teles (preparador de goleiros).
O último clube de Flávio Araújo nessa temporada foi o Sampaio Corrêa/MA, quando o treinador comandou a equipe em boa parte da Série B do Campeonato Brasileiro. No futebol piauiense, Flávio Araújo comandou as equipes do River (2003 e 2007), 4 de Julho (2003), Parnahyba (2004 e 2005), Barras (2007, 2008, 2009/2010) e Flamengo do Piauí (2008).
No que se refere aos títulos, Flávio Araújo conquistou pelo 4 de Julho a segunda divisão do Piauiense de 2003, comandou o Parnahyba no bicampeonato de 2004 e 2005 e também levou o Barras ao seu único título estadual em 2008 e ao octogonal final da Série C do Campeonato Brasileiro em 2017. Além do Campeonato Piauiense, Flávio também foi o treinador na conquista do Flamengo do Piauí na Copa Piauí de 2008.
No Maranhão, Flávio Araújo foi responsável pelos dois últimos acessos do Sampaio Corrêa (da Série D para a Série C em 2012 e da Série C para a Série B em 2013), o treinador ainda acumulou dois Estaduais e duas Copa São Luís pelo Tubarão.
No Pará treinou o Clube do Remo. No Rio Grande do Norte treinou o América de Natal.  No Ceará treinou o Fortaleza e foi o responsável pelo acesso do Icasa a Série C do Campeonato Brasileiro. É um profundo conhecedor do futebol nordestino.

(*) Com informações do Globo Esporte

Manim Rêgo: "Não tenho mais compromisso com o prefeito Edílson Sérvulo"


O ex-prefeito de Barras, Francisco das Chagas Rêgo Damasceno, o Manim Rego (foto acima), concedeu entrevista ao reporter Juarez Santos e afirmou que não tem mais nenhum compromisso com o prefeito Edílson Sérvulo.

Manim Rêgo apoiou Sérvulo para prefeito de Barras mas com a condição de que sendo eleito como de fato foi, o atual prefeito desse total e irrestrito apoio a candidatura da sua esposa Nilze Caldas Brito Pereira Damasceno como candidata a deputada estadual em 2014. Edílson Sérvulo cumpriu o que prometera.

A candidatura a reeleição de Edílson Sérvulo já é comentada discretamente por muitos políticos barrenses, tanto da situação como da oposição. Sobre o apoio a reeleição o atual prefeito, Manim Rêgo diz que: "posso apoiá-lo ou não, depende de condições a serem estabelecidas". Comenta-se nos bastidores da política barrense que uma das condições seria que o posto de vice-prefeito fosse ocupado pela esposa de Manim Rêgo (Nize Caldas Brito Pereira Damasceno) ou pelo filho vereador Maurício Caldas Brito Pereira Damasceno.

Falando ao tribunadebarras.com o  prefeito de Barras, Edílson Sérvulo, evitou tocar no assunto e apenas diz que Manim Rêgo tem sido um bom parceiro político e que ainda é cedo para se falar em eleição municipal.

Já secretários municipais e assessores próximos ao prefeito Edílson Sérvulo, acusam Manim Rêgo de estar usando sites de notícias locais para plantar informações procurando denegrir a administração de Sérvulo.

Acusações também surgem nas redes sociais por parte dos torcedores do Barras Futebol Club. Os torcedores bafianos acusam o prefeito Edílson Sérvulo de não apoiar o Leão do Marathaoan no Campeonato Piauiense 2015 (já está decidido que o Barras não irá participar), devido aos muitos gastos feitos pelo prefeito na campanha da esposa de Manim Rêgo para deputada estadual. O prefeito teria colocado uma condição: "ou gastamos com a campanha de Nize ou com a do Barras no Estadual de 2015" e Manim teria optado pelos gastos com a campanha política  da esposa.

Enfim, parece que a peça teatral visando as próximas eleições para prefeito e vereadores de Barras, já está começando em seu primeiro ato.


Lisete Napoleão lança Um Brinde à Vida nesta Terça-feira na Academia Piauiense de Letras

Lisete Napoleão ladeada pelo poeta Hardi Filho (Academia Piauiense de Letras) e pelo poeta, escritor e médico Gisleno Feitosa (Academia de Letras do Vale do Longá).
A escritora, poetisa, cronista, contista, professora universitária Lisete Napoleão Medeiros, imortal da Academia de Letras do Vale do Longá - ALVAL, estará lançando mais uma obra literária nesta Terça-feira (25) às 19 horas no Auditório Wilson de Andrade Brandão, sede da Academia Piauiense de Letras, em Teresina. Trata-se do livro de prosa e verso intitulado "Um Brinde à Vida". A obra é prefaceada pela professora Maria Nilza.



Capa do livro a ser lançado pela acadêmica Lisete Napoleão Medeiros

Lançamento póstumo de livro do desembargador Tomaz Campêlo acontece neste Sábado

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

O desembargador Tomaz Gomes Campelo (foto ao lado) será homenageado neste Sábado (22) pela Academia Piauiense de Letras com o lançamento póstumo de seu livro "A Pedra Serviçal". 
Trata-se de uma coletânea de crônicas inéditas escritas pelo desembargador que já foi presidente da Academia de Letras do Vale do Longá - ALVAL, fundada em 23/09/1978 e sediada em Barras. O livro foi organizado por Viriato Campelo, Aci Gomes Campelo, ambos imortais da Academia de Letras do Vale do Longá e Joaquim Campelo Filho e editado pela EDUFPI.
"A Pedra Serviçal" foi prefaciada pelo presidente da Academia Piauiense de Letras - APL, Nelson Nery Costa. "É uma obra belíssima e estamos prestando essa homenagem ao desembargador, que foi um grande homem da magistratura e da literatura", afirma Nelson.
A homenagem, marcada para as 10 horas deste Sábado, terá a presença dos membros da Academia Piauiense de Letras e da Academia de Letras do Vale do Longá, além de familiares, amigos e admiradores da obra do imortal.
Tomaz Gomes Campelo foi presidente da Academia de Letras do Vale do Longá e presidente da União Brasileira de Escritores (UBEs-PI). Após uma vida dedicada ao Tribunal de Justiça do Piauí, aposentou-se no cargo de desembargador em 1996 e faleceu este ano.

Jogador do Piauí Esporte Clube desperta interesse do futebol japonês

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

O jovem atacante Dênis no centro de treinamento do Piauí Esporte Clube.
A habilidade do atacante Dênis, de 19 anos, do Piauí Esporte Clube, despertou o interesse de empresários ligados ao futebol japonês. No entanto, há um obstáculo: a diretoria do clube piauiense ainda tenta convencer o jovem a ir. É o que diz o assessor de imprensa clube, jornalista Reinaldo Barros Torres. Segundo Barros Torres, há o temor de que aconteça o mesmo que ocorreu quando o atacante foi fazer testes no Esporte Clube Bahia, em Junho deste ano.

Na ocasião, Dênis  ficou apenas 10 dias no clube baiano, pois acabou pedindo para voltar para casa. Dênis é reservado, tímido, não gosta nem de conceder entrevistas,  morar distante da família e dos amigos ainda é algo para convencê-lo, afirma Reinaldo Barros Torres. O jovem mora no Bairro Renascença, na zona sudeste de Teresina. “Ele tem um enorme potencial, mas precisa amadurecer. É uma grande oportunidade para ele”, disse Reinaldo. Ainda segundo o assessor de imprensa, os pais do jovem estão empenhados em viabilizar a transferência  do atleta. “Chegaram inclusive a perguntar se outra pessoa poderia ir junto com ele, mas acho difícil que isso possa acontecer”, complementou, adiantando que mais uma conversa deve ser feita hoje para tentar convencer o atleta a ir jogar no futebol japonês.

Dênis, Silas, Lucas Marques e o goleiro Joel em jogo transmitido ao vivo pelo canal SporTV. Copa São Paulo de Futebol Junior 2014.
O presidente Jacob Mesquita Junior disse que:  "Se Dênis não resolver ir para o Japão outros nomes do Piauí serão apresentados. Temos que nos preocupar com os jogadores revelados no Piauí Esporte Clube; investimos muito na base e os atletas tem saído para grandes clubes sem a agremiação formadora ganhar dividendos. Vejam só os casos do Crislan, hoje no Náutico, e do Jonas, atualmente no Sampaio Corrêa e sendo pretendido por grandes clubes do Sudeste brasileiro". 


Time do Piauí na Copa São Paulo de Futebol Junior 2010. Agachados, Crislan (hoje no Náutico/PE) e Jonas (no Sampaio Corrêa/MA e sendo pretendido por grandes clubes nacionais).
Dênis foi campeão piauiense Sub-18 aos 15 anos pelo Fluminense Esporte Clube, de Teresina. Com a mesma idade disputou em 2011 sua primeira Copa São Paulo de Futebol Junior. Em 2013 transferiu-se para o Piauí Esporte Clube onde sagrou- se Campeão Piauiense Sub-19. e foi vice-campeão da Copa Piauí atuando pelo time principal do Piauizão. Em 2014 começou o ano disputando a Copa São Paulo de Futebol Junior com brilhante atuação e foi Campeão da Taça Estado do Piauí pelo time principal e ainda vice-campeão piauiense também pelo time principal do Piauí. 
(*) Dowglas Lima, Meio Norte

Conheça os prefeitos piauienses campeões de processos na Justiça Federal


É acirrada a disputa entre os ex-prefeitos Felipe Santolia (Esperantina) e Murilo Paes Landim (São João do Piauí) para saber quem termina o ano de 2014 com o maior número de processos na Justiça contra as administrações dos mesmos nas prefeituras dos seus municípios.

Santolia e Paes Landim possuem juntos mais de 70 processos na Justiça Federal seguidos pelos retardatários Osmar Teixeira de Moura (São Miguel da Baixa Grande) e Francisco Antonio Moraes Fontenele (Cocal) que possuem 40 processos.

Já tem gente defendendo a criação de uma Vara Exclusiva para julgar os quatro ex-prefeitos, campeões absolutos em processos na Justiça Federal.

Confira o ranking:


Murilo Paes Landim - 42 processos


Felipe Santolia - 30 processos


Francisco Antonio Moraes Fontenele - 23 processos


Osmar Teixeira de Moura - 15 processos



(*) Com informações de Herbert Sousa, do site GP1

Politica Local

Policia

Esporte

 

© Copyright Tribuna de Barras 2010 -2011 | Design by Misael Lima | Published by Tribuna de Barras | EXPEDIENTE: Reinaldo Barros Torres (Editor Responsável), Diretoria Comercial: Davi Santos Gomes, Diretoria de Expansão e Planejamento: Natan Santos Gomes, Diretoria Técnica Operacional: Misael Lima. CONSELHO EDITORIAL: Carlos Antônio Torres Gomes, Antônio José dos Santos Torres Filho, Zenóbia Cristina dos Santos Torres, Jardel Torres Pimentel, José Airton Pimentel Filho, Roney Rodrigues do Monte Torres, Wallace Monte Barros, Francisco das Chagas Torres Júnior, Daniel Santos Gomes, Roxana Torres, Apolo Victor Torres, Sandro Almeida Paz Filho, Gabriela Barros Almeida Paz, Adriano Albuquerque, Joanderson Torres, Jordana Torres, Lucas Daniel Lima Farias. CONTATOS COM A REDAÇÃO: Telefones: (86) 9949-6822, 9504-0788, E-mail: tribunadebarras@hotmail.com